Alimentação Natural para Cães: Dicas e Receitas

Descubra porque a alimentação natural para cães pode aumentar muito a longevidade do seu amigo e principalmente melhorar a qualidade de vida do seu cãozinho, proporcionando alegria e saúde para ele.

Neste artigo você vai entender a importância e as vantagens das chamadas “dietas naturais” que todo pet deveria receber.

Além disso, vamos dar alguns exemplos de alimentos e dietas naturais que você poderá oferecer ao seu cachorro sem medo.

Confira agora nossas melhores dicas de alimentação saudável e natural para seu pet…

Alimentação Natural para Cães

Alimento Natural Para Cães: Quantidade, receitas, cardápios e dicas de como fazer melhor a comida para seu cãozinho.

Confira tudo sobre alimentação natural para cachorros e descubra como alimentar seu amigo peludo para que ele viva muitos anos de forma saudável!

Quer um Cachorro Mais Saudável? Saiba que a Decisão é Sua!

Antes de continuar com as dicas, quero lhe fazer uma pergunta muito importante:

O que você faria se descobrisse que seu cachorrinho vai morrer cedo por sua culpa?

Pesado não é mesmo? Se realmente se importa com seu cachorro, a decisão por uma vida longa e saudável depende apenas de você! Isto é fato!

Logo, se você quer tomar a decisão MAIS INTELIGENTE para seu cãozinho, considere trocar os alimentos industrializados e as rações por comida saudável agora mesmo!

Por isso, quero que você conheça a melhor dieta natural que você poderá oferecer ao seu amigo sem medo de comprometer a saúde dele e ainda economizar muito dinheiro no processo! Combinado?

→ Clique Aqui e Conheça a Dieta do Cachorro de 29 Anos

 

O Que é Alimentação Natural para Cães?

A alimentação natural consiste em oferecer uma alimentação saudável, balanceada, com ingredientes de alta qualidade, selecionados e que supram todas as suas necessidades.

Estão fora deste tipo de dieta, rações, cookies, e quaisquer produtos industrializados.

Não é permitido o uso de qualquer tipo de aditivo químico.

Esta dieta pode ser cozida, crua com ossos ou sem ossos.

Há bastante discussão entre os veterinários sobre a alimentação crua com ossos, pois pode causar acidentes.

Então, se você optar por esse tipo de alimentação, só ofereça ossos quando o pet estiver sob supervisão e já tiver passado da fase “filhote”.

A carne crua, seja ela com ou sem ossos, precisa passar por um período de congelamento prévio antes de ser oferecida, pois podem haver contaminantes que põem em risco a saúde do pet e por isso é melhor não arriscar.

A alimentação natural cozida é considerada a mais segura, pois oferece a menor possibilidade de conter contaminantes, contudo, por termos de cozinhar os ingredientes, é a que demanda maior tempo de preparo.

Então, se você pretende seguir o caminho da alimentação natural, opte pela alimentação cozida para seu cachorro, dá um pouco de trabalho, mas vale muito a pena!

Prós e Contras da Alimentação Natural

Prós e contras da alimentação natural: Para fugir dos conservantes encontrados nas rações prontas, muitos donos tem adotado a alimentação natural na hora de fornecer as refeições a seus cães.

Entretanto, esse tipo de alimento, assim como a ração, tem seus pontos positivos e negativos.

Você tem um cachorro e está considerando substituir a ração pronta pela alimentação natural?

Então esse texto é para você. Listamos aqui os pontos positivos e negativos desse tipo de alimento, para que você possa tomar a melhor decisão.

Vantagens da Alimentação Natural para Cães

Confia as principais vantagens da alimentação natural para cães:

1# Ingredientes selecionados

Quando optamos pela alimentação natural, todos os ingredientes que estão nos pratos dos cães são selecionados pelo tutor.

Ou seja, conhecemos cada um deles, sua origem, se foram higienizados de forma correta e qual a quantidade adicionada em cada prato.

2# Comida feita em casa

Quando decidimos dar alimentação natural para nossos cães, temos a certeza de que tudo o que eles estão consumindo foi feito em casa.

É como quando almoçamos nossa própria marmita no trabalho.

Esse tipo de alimentação deixa muitos tutores tranquilos porque eles estão envolvidos, diretamente, em todo o processo de preparação da comida.

Afinal, foram eles mesmos quem cozinharam a comida, sabem quais temperos estão presentes na comida, a taxa de gordura e foram responsáveis por preparar o cardápio.

3# Ingredientes frescos

Outro ponto positivo que é levado em consideração pelos tutores na hora de escolher esse tipo de alimentação é saber que todos os ingredientes que foram utilizados para a elaboração dos pratos são frescos.

Nada foi subaproveitado, tem partes estragadas ou pode fazer mal ao animal, já que foi ele mesmo, o tutor, quem escolheu cada ingrediente utilizado no almoço ou no jantar do cachorro.

Pontos Negativos da Alimentação Natural

Como nem tudo na alimentação natural são flores existe alguns pontos negativos que podem levar muitos tutores a pensar duas vezes antes de escolher esse tipo de alimento para o seu animal. Conheça agora cada um deles.

1# Deficiências nutricionais

Ao contrário das rações prontas, sobretudo as feitas para determinadas raças, que tem em sua formulação os ingredientes em quantidades ideais para suprir suas necessidades nutricionais, na alimentação natural isso pode não acontecer.

Isso porque os tutores podem definir o cardápio fornecido a seu animal sem qualquer suporte de um veterinário, deixando de fornecer ao animal alimentos que lhes deem os nutrientes que necessitam diariamente.

2# Cuidados com o armazenamento

Garantir que a alimentação natural esteja sempre fresca e em condições de ser consumida pelo animal é outra dificuldade para quem escolhe esse tipo de refeição.

Isso porque, ao contrário da ração, que pode ser guardada em armários, por exemplo (desde que bem fechada), a alimentação natural precisa estar sob constante refrigeração, e não pode passar muito tempo no pote do animal, pois pode estragar.

3# Erro na dosagem correta

Em um pacote de ração pronta, costumamos ver impresso a quantidade ideal de alimento que deve ser fornecida a um animal, de acordo com seu porte e peso.

Na alimentação natural, esse tipo de informação não existe, já que ela é preparada pelo próprio tutor.

A ausência dessa informação pode provocar erros na hora de administrar a refeição, levando a exageros ou até a alimentação deficiente.

Alimento Natural Para Cães Dica de Como Fazer

Donos de cães estão sempre buscando o melhor para seus melhores amigos. Tanto que procuram dar muito amor e carinho e procurar por produtos que garantam uma vida mais saudável para os pets é prioridade.

A alimentação do cachorro entra também nesse quesito e o que mais vemos atualmente são os donos percebendo o quanto a comida natural, preparada pelo proprietário é melhor e mais saudável para os animais.

Então, se você está decidido a apostar no “alimento natural para cães” veio ao artigo certo, pois vamos ensinar como preparar pratos deliciosos que vão deixar seu cãozinho com água na boca!

Importante: Consulte um Veterinário Primeiro!

Antes de começar a preparar as refeições do seu cãozinho, é interessante visitar o veterinário e pedir orientações.

O motivo? Os cães precisam de uma quantidade mínima de proteínas e carboidratos para se manterem saudáveis. Além disso, não podem comer qualquer tipo de alimento.

A quantidade de comida dada no dia também varia de acordo com o porte e a idade do animal, então é interessante ter todas essas informações em mãos para começar a preparar as refeições do seu amigo de quatro patas.

Assim o veterinário saberá orientar quanto a melhor dieta a ser seguida e a quantidade de comida que você pode dar para o seu pet.

Petiscos também não entram nesse cálculo. O cão precisa receber alimentação saudável, pelo menos duas vezes ao dia.

Alimento Natural para Cães dicas e cardapios

Ingredientes que Você Deve Evitar ao Alimentar seu Cão

Doces e chocolates devem ser evitados inclusive no preparo de petiscos. Esses alimentos fazem mal para o pet.

Se você quiser preparar uma guloseima para ele pode apostar nas frutas, como a banana e fazer um cookie canino, por exemplo. Ainda assim, algumas frutas também não podem ser dadas aos cães, como é o caso das uvas e do abacate.

É preciso também evitar os temperos, como alho, cebola e sal. Isso significa que a comida do seu pet deve ficar “sem gosto”? Não. O sal pode ser usado, mas muito pouco. Apenas uma pequena pitada.

Ingredientes que Você Pode (E DEVE) Utilizar

Dentre os ingredientes que podem ser utilizados no preparo de uma refeição – não guloseima – estão os cortes de carnes picadas. Frango e boi são as mais recomendadas, mas é possível também colocar peixes na dieta para cachorro.

Além das carnes, vegetais são muito bem-vindos para compor o prato do pet. Cenouras, vagem, couve flor, batata (sem casca), couve, espinafre, ervilhas, dentre outros.

O principal é fazer um prato variado e colocar um pouquinho de tudo, sempre seguindo a orientação do veterinário quanto ao máximo que pode ser oferecido no dia.

Como Preparar Alimentação Natural para Cães

Aqui estão algumas dicas importante no preparo da comida para seu cachorro que vão ajudar muito a manter a saúde e garantir longos anos de vida ao seu animalzinho…

1# A Carne Deve Ser Sempre Cozida

Frituras fazem mal para os cães. Então, ao preparar a carne é preciso sempre apostar no cozimento. Coloque bastante água e vá preparando os pedaços de frango ou boi. Pode colocar um pouco de sal.

Junto com a carne já coloque os legumes que você pretende oferecer no dia. A dica para o pet não enjoar da alimentação natural é variar nos pedaços de carne e nos legumes e verduras oferecidos no dia.

Por exemplo, em um dia você pode oferecer um pedaço de fígado cozinho junto com couve e cenourinhas picadas. No outro, miúdos de frango com batatas, couve flor e espinafre.

Fígado, rim e miúdos são as melhores opções de partes do boi ou frango para oferecer ao seu cão, pois tem maior valor nutricional (e os pets também gostam bastante), mas nada impede que você prepare carne moída ou invista em outras peças do boi e do frango.

No caso de frango, lembre-se de retirar todos os ossos do pedaço de carne antes mesmo de cozinhá-lo, pois são perigosos para os cães.

2# Arroz e Macarrão Podem Fazer Parte da Dieta

Após preparar a carne e os legumes e verduras do dia, é hora de escolher um carboidrato a ser oferecido para o pet. Nesse caso, o arroz e o macarrão são ótimas opções.

Você inclusive pode usar a mesma água utilizada no preparo da carne e dos legumes para fazer o arroz ou o macarrão, já dando aquele gostinho especial para o alimento.

Depois de pronto é só deixar esfriar e colocar em um potinho junto com um pouco de carne e legumes.

3# Ofereça Vegetais Crus

Alguns cães gostam de comer vegetais crus e isso pode ser muito benéfico, podendo ser incluso no cardápio de alimentação natural para cães.

Ofereça pedaços de cenoura, beterraba ou abóbora e veja se o pet gosta de comê-los crus. A grande maioria dos cachorros preferem os vegetais assim, pois são mais crocantes e exigem mais de seus dentes.

No caso de cães mais idosos é melhor evitar os vegetais crus, pois devido a idade têm maior dificuldade para mastigar.

4# Brócolis é Bem-Vindo

Os brócolis podem fazer parte da alimentação natural do cachorro. No entanto, durante seu preparo exigem que seja colocado um fio de azeite ou óleo vegetal que irá ajudar na hora da digestão do alimento.

Esse legume pode ser servido junto com arroz e carne ou dado separadamente. Pode também ser parte de um petisco salgado, como biscoitinhos de brócolis.

5# Polenta, Arroz e Carne

A polenta pode também ser servida aos cães. Inclusive, é uma ótima fonte de carboidratos. Para preparar a polenta, misture o fubá e a água e mexa até que fique com consistência firme.

Na hora de preparar o prato do pet, coloque um pouco de carne, legumes a sua escolhe e algumas verduras. Até mesmo a alface é indicada para compor a dieta do seu cão.

6# Inclua Frutas na Sobremesa do Seu Cão

Cães merecem ganhar sobremesa ou petiscos ao longo do dia? Sim! E se você quer garantir que toda sua alimentação seja natural, as frutas são ótimas aliadas.

Apesar disso, é preciso alguns cuidados. Nem todas as frutas podem ser ingeridas pelos cães. Algumas inclusive pode fazer mais mal do que bem.

Evite as frutas cítricas como laranjas, limões e abacaxi. A uva e o abacate também não são recomendados.

De resto, as outras frutas podem fazer parte da alimentação do seu cachorro. O principal é lavá-las bem, retirar a casca e sementes antes de oferecer ao cão.

7# Prepare a Comida da Semana ou Faça Apenas a Refeição do Dia

Você pode escolher entre preparar a comida da semana ou apenas a refeição que vai servir naquele dia ao seu cão.

Apesar de não conter temperos ou conservantes, a alimentação natural de cachorros pode ser congelada. O ideal é que você faça comida para no máximo cinco dias.

Em seguida separe em pequenas porções, de acordo com a quantidade que vai servir ao pet. Congele o que não for dar a ele naquele momento.

8# Sirva a Refeição Levemente Morna

Quem está mudando agora para a alimentação natural pode começar servindo porções diárias e mornas para o animal.

O motivo? O cheiro dos alimentos é mais atraente e faz com que ele se interesse mais em experimentar aquilo que você preparou para ele.

Ainda assim, se preferir você pode servir a comida quando já estiver fria. O ideal é que nunca esteja muito quente – pois pode queimar a língua do cão – ou muito fria.

Conclusão: Alimento Natural é Melhor Para Seu Cão!

Como você pode ver, preparar comida saudável para cachorro não é difícil. Basta selecionar os alimentos e apostar na variedade, para garantir que o pet vai gostar e não enjoar do alimento.

O principal é fazer tudo com muito amor e carinho! Assim é certeza que você e seu cão vão ficar ainda mais próximos um do outro!

Conheça a Dieta do Cachorro de 29 Anos

Estas indicações de dietas, cardápios e alimentos foram inspiradas na Dieta do Cachorro de 29 Anos, um programa completo de alimentação natural para cachorros de todas as raças e tamanhos.

Este sistema vem contribuindo muito na longevidade de milhares de cães que hoje tem uma vidas mais saudável, pelos brilhantes, mais alegria e disposição.

Além do livro de receitas de comida para cachorro, tem vários bônus em um combo completo, como: Receitas, Guia para Shampoos e Sabões Caseiros, Suplementos, Guia para Filhotes e Terapias Holisticas.

Se você realmente ama seu pet como um filho, e quer que ele viva mais, sugiro que adote esta dieta ainda hoje!

→ CLIQUE AQUI PARA CONHECER A DIETA DO CACHORRO DE 29 ANOS ←

Por Uma Alimentação Saudável Para Nossos Cães!

Comentários estão fechados.

O nosso blog utiliza cookies para ajudar a melhorar a sua experiência de utilização. Ao utilizar o blog, confirma que aceita a sua utilização Eu Aceito Leia Mais

error: Content is protected !!