Como garantir que cães e gatos convivam bem?

Como garantir que cães e gatos convivam bem: Cães e gatos são os animais preferidos não apenas no Brasil, mas em muitos países do mundo.

Como garantir que cães e gatos convivam bem?

Em todos os lares é comum encontrarmos um desses animais, seja porque os tutores preferem um ao outro, ou porque se adaptaram melhor a cães do que a gatos, por exemplo.

Mas, em alguns lares, encontramos os dois animais convivendo juntos, de forma amistosa. Em outros, por outro lado, essa convivência é praticamente impossível, o que deixa os tutores muito preocupados.

Esse sentimento surge com frequência quando a pessoa já tem um cachorro ou um gato e ganha um animal de outra espécie.

Como garantir que a convivência entre os dois seja harmônica? O que fazer para impedir que eles briguem?

Se você está vivendo essa realidade, e não sabe como fazer seu gato e seu cão parar de brigar, esse texto é para você.

Aqui trazemos algumas dicas que vão lhe ajudar a garantir que os dois sejam os melhores amigos. Ou pelo menos se deem bem.

Observe a personalidade dos dois animais

Cães e gatos podem ser animais muito territorialistas, o que podem provocar brigas sérias quando um é apresentado ao outro.

Por isso, na hora em que for apresentar seu novo gato ao cão, ou vice-versa, são necessários alguns cuidados.

Um deles é ficar atento ao tipo de personalidade dos animais.

Alguns cães e gatos são mais amistosos do que outros, e podem tornar esse momento mais fácil. Em geral, os animais podem se cheirar, para se conhecer.

Mesmo que esse primeiro contato termine em arranhões ou rosnados, mantenha a postura, garantindo que um fique longe do outro, para que não se machuquem, principalmente quando um deles for filhote e o outro adulto.

No caso de cães adultos, por exemplo, o primeiro contato pode ser feito com uma coleira, Já para os filhotes, mantenha-os em suas mãos.

Fique tranquilo quando apresentar os animais

Tanto cães quanto gatos são excelentes em ler o comportamento e principalmente as emoções de seus tutores. Então, na hora em que for apresentar os dois animais, esteja sempre tranquilo.

Evite ficar tenso quando colocar um de frente para o outro. Isso pode ser interpretado por um ou pelo outro como sinal de ameaça, e podem repetir essa tensão, tornando o contato mais difícil.

Deixe-os em locais separados nos primeiros contatos

Nos primeiros dias em que seu cão e seu gato estiverem convivendo juntos, procure deixar os dois em locais separados, principalmente se você estiver inseguro sobre eventuais confrontos entre os dois.

Desta forma, os animais podem se acostumar com a presença e o cheiro um do outro, tornando esse contato mais amistoso e menos conflitante.

Não os alimente ao mesmo tempo

Na hora da alimentação, evite fornecer alimentos aos dois animais ao mesmo tempo. Isso evitará que um tenha acesso à comida do outro e transformem esse momento um prato cheio para eventuais brigas.

Afaste o cachorro da areia do gato

Os gatos são muito territorialistas. Por isso, evite que seu cachorro chegue perto da areia do gato, pois isso pode ser interpretado pelo felino como um desafio ao seu território, provocando mais brigas entre eles.

Comentários estão fechados.

O nosso blog utiliza cookies para ajudar a melhorar a sua experiência de utilização. Ao utilizar o blog, confirma que aceita a sua utilização Eu Aceito Leia Mais

error: Content is protected !!