Coronavírus: Uma Pessoa Infectada Pode Manter Contato com Seu Pet?

Coronavírus: Uma Pessoa Infectada Pode Manter Contato com Seu Pet? Esta é uma das muitas dúvidas em relação ao cuidado com os animais de estimação, a possibilidade de infecção do pet ser causada por uma pessoa infectada. Veja o que descobrimos neste artigo.

A propagação do novo coronavírus chegou ao Brasil e está fazendo com que as pessoas deixem de fazer as suas atividades regularmente, cumprindo períodos de quarentena em nossas casas.

Só que, quem tem pets precisa ter cuidado redobrado, afinal apesar de ainda não haver indícios de que eles contraíram a doença, a situação pode mudar conforme o avanço da pandemia.

Surgem novas dúvidas diárias em relação a propagação e formas de conter o novo coronavírus.

Cachorros e gatos também precisam ser cuidados, pois as pesquisas que estão sendo feitas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), ainda não decretaram informações precisas de se os pets estão imunes a estas doenças.

Neste artigo falamos sobre a diferença do “Coronavírus canino/felino” e do COVID-19.

Pets Podem Ficar Doentes ou Até Transmitir Coronavírus?

Até o momento não há nenhuma evidência de surto de contágio do novo coronavírus entre pets, apesar de um caso ter sido registrado de forma leve, em Hong Kong.

Estudos estão sendo feitos para entender como o organismo dos pets reagem contra essa infecção, sendo constantemente monitorados por profissionais especialistas em animais.

Uma Pessoa Infectada Pode Manter Contato com Seu Pet?

A orientação da Organização mundial de saúde (OMS) é que pessoas que estejam infectadas com o COVID-19 evitem o contato próximo com animais de estimação.

Ainda não se há informações de como combater o novo vírus e o período de testes para vacinas ainda está em estágio inicial.

Se isso não for possível, não esqueça de lavar bem as mãos após qualquer tipo de contato com os pets.

Cuidados de Higiene Mais Recomendados

Até mesmo as pessoas com sistema imunológico mais resistente não estão livres de contrair o coronavírus, incluindo jovens.

As medidas básicas de higiene com os animais e também de lavar as mãos com álcool e gel devem permanecer até a pandemia ser controlada.

Evite beijar e lamber os pets, além de compartilhar qualquer tipo de alimento a eles. Nesse momento é mais importante ainda que você mantenha uma alimentação restritiva a eles.

Cuidados Para se Tomar Durante Passeios

Segundo as recomendações passadas por veterinários, locais com grande fluxo de pessoas e outros animais devem ser evitados, como a ida a parques abertos por exemplo. Nesse momento assim como você deve ficar em casa, mantenha os seus animais isolados de contatos com outros bichos e pessoas.

Você pode até deixá-los brincando pelo pátio de sua casa, mas não muito além disso.

Há Casos Conhecidos de COVID-19 em Animais?

Somente um caso em Hong Kong, país que é vizinho da China, foi relatado de COVID-19 em animais.

A infecção foi leve neste caso, porém os cuidados devem ser tomados mesmo assim.

Autoridades dizem que esse caso não é suficiente para afirmar que cachorros ou outros animais de estimação fiquem doentes ou tenham papel significativo na disseminação do vírus.

Portanto que o mais importante de tudo é seguir recomendações dadas pelo Governo do seu estado, evitando a aglomeração de pessoas e também de levar o seu animal para passeios que nesse momento são desnecessários.

Leia também: Meu Pet Pegou Coronavírus, Vou Pegar?

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência e para entender como você usa nossos serviços. Aceito Leia Mais